Cadastre-se abaixo e saia na frente. 

Você vai receber um conteúdo gratúito para correr com seguraça e eficiência.

Tênis, um grande aliado do corredor de rua.

Equipe Fit Run      segunda-feira, 28 de maio de 2018

Compartilhe esta página com seus amigos

 

 

 

 

TÊNIS, UM GRANDE ALIADO DO CORREDOR DE RUA!

 

Você acaba de tomar uma decisão importante, depois de passar uma temporada testando a corrida, decidiu que ela será o seu esporte! Afinal, mais de 4 milhões de brasileiros correm com regularidade, por conta dos prazeres e das vantagens da corrida como forma de condicionamento físico e você não vê a hora de começar a fazer parte desse time.

 

Conhecer o seu tipo de pisada e sua modalidade de corrida é essencial para não errar na escolha do calçado.

 

Isso porque, além de proporcionar mais conforto e uma melhora de performance, o tênis adequado ajuda a evitar lesões. Os calçados esportivos são importantes ferramentas para AUXILIAR na prevenção de lesões esportivas, pois participam do mecanismo de absorção de energia, assim como conferem estabilidade e controle de movimentos. Fiz questão de deixar bem claro que, ele auxilia, ou seja, ele não evita lesões, pois o motivo do surgimento de uma lesão, pode ser um, bem como ser um conjunto de ações erradas, que você pode estar fazendo.

 

Como acertar na compra do seu companheiro de corrida diante do leque de opções que o mercado oferece?

 

Para facilitar, vou criar alguns pontos que você deve levar em consideração. Vou chamar como “REGRAS SIMPLES”

 

1 - Nem sempre o mais caro, será o mais adequado.

2 - Ao provar um modelo, o tênis não deve ficar folgado e nem apertado demais.

 

Fácil de gravar, não foi?

 

Para ser um pouco mais preciso na escolha do modelo. Identificar o seu tipo de pisada irá proporcionar um conforto maior.

 

Para saber qual é o seu tipo, é preciso fazer um teste de pisada. Atualmente, diversas lojas de artigos esportivos e até clínicas oferecem esse tipo de avaliação. Se você tem uma pisada “muito torta”, é possível realizar um exame chamado baropodometria, que identifica as alterações biomecânicas nos pés nas posições ortostática estática e dinâmica (durante a marcha), através da análise da distribuição de pressão plantar e do deslocamento do centro de gravidade, podendo ser indicado uma palmilha especial.

 

É importante ressaltar que os tênis de corrida não têm a função de corrigir a pisada ou problemas biomecânicos, e sim melhorar a passada e dar mais conforto ao atleta.

 

Na hora da compra…

 

INICIANTES: sugiro escolher um modelo leve e confortável (amortecimento).

 

AVANÇADOS: Estes, poderão ou deverão ter, mais de um modelo de tênis, tendo como referência o volume semanal de treino. Você pode optar por um par de tênis para os treinos mais curtos e um outro, para os longões.

 

3 - Esqueça essa de km rodados para substituir o seu par. Algumas marcas sugerem trocar com 350km rodados.

 

Os cuidados que você tem para lavar, secar e armazenar o seu tênis, irão influenciar muito mais na hora de decidir em substituir.

 

Nada como uma avaliação visual e estrutural para você saber a hora certa de trocar.

 

RESUMINDO:

 

Existem diversos modelos que são especialmente produzidos para cada tipo de corrida, pisada e atleta (nível de condicionamento e prova).

 

Ao analisar esses 3 pontos, verifique se você precisa de um tênis com mais amortecimento, estabilidade, mais leve, para trilhas, asfalto, entre outros.

 

VEJA TAMBÉM:

 

11 passos que todo corredor de rua, seja ele iniciante ou avançado, devem seguir

 

7 dicas para corredores acima do peso.

 

Você já parou para pensar como respiramos? Qual é o certo, respirar pelo nariz ou pela boca?

 

TEM DÚVIDAS SOBRE COMO TREINAR? NÓS VAMOS TE AJUDAR!

Comentários