Cadastre-se abaixo e saia na frente. 

Você vai receber um conteúdo gratúito para correr com seguraça e eficiência.

Quanto MAIS eu correr, melhor?

Equipe Fit Run      segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Compartilhe esta página com seus amigos

 

A quantidade de treinamento de corrida de rua não é o fator determinante para progredir. Treinar forte todos os dias pode não ser a melhor estratégia.

 

Cansaço excessivo e anormal, redução da performance, falta de vontade de treinar e até dificuldades para dormir. Tudo isso são sintomas de treino em excesso ou recuperação mal feita.

 

O paradigma do "quanto mais, melhor" precisa ser bem avaliado.

 

Foi demonstrado, em vários estudos, que a eficiência do exercício regular é determinada com a combinação de frequência, intensidade e duração para a obtenção de um efeito de treinamento. A interação desses fatores fornece o estímulo de sobrecarga. Em geral, quanto mais baixo o estímulo, menores são os efeitos de treinamento e quanto maior o estímulo, maior é o efeito.

 

Para atingir todo seu potencial é essencial saber distribuir cargas de treinos ao longo da semana.

 

Ter dias de treino intenso e ter dia de descanso para equilibrar e recuperar as energias. E ainda, dependendo do seu objetivo, ter treinos leves durante a semana, faz toda a diferença.

 

Por outro lado, treinar pouco, não gera resultado satisfatório.

 

Um estudo publicado no American College of Sports Medicine demonstrou  que o treinamento aeróbico com frequência inferior a duas vezes por semana é insuficiente para o desenvolvimento e ou manter a aptidão física em adultos saudáveis.  

 

Quer correr com segurança e eficiência?

 

O importante é planejar um programa de treino para fornecer a quantidade adequada de atividade física para atingir um benefício máximo com um risco mínimo. Deve-se dar ênfase aos fatores que resultem em uma modificação permanente do estilo de vida e estimulem a atividade física para o resto da vida.

 

NÃO DEIXE DE LER:

 

 

Comentários